Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mistérios, mentiras & modas

Mistérios, mentiras & modas

27
Jan18

O dia 19 e a dúvida em tomar proteína depois do ginásio

Finalmente uma sexta-feira e sabe tão bem pensar que vou descansar no fim de semana.

Por outro lado fico um pouco ansiosa ao pensar que vou estar ainda mais perto de tentações e até tinha prometido que fazia um bolo mármore para os meus filhos...

Portanto uma coisa de cada vez.

 

Pequeno almoço

Uma fatia do meu pão de alfarroba com manteiga de amendoim mais um chá verde e um café sem açúcar.

 

Snack da manhã

Um iogurte skyr

 

Almoço

Uma posta de salmão grelhado com uma salada de alface, tomate e cebola. (Preciso de começar a ser mais criativa com as saladas, estas assim simples não me saciam e não me sabem tão bem quanto deveriam).

 

Snack da tarde

3 nozes

Depois fui treinar cerca de 60 minutos.

Pixabay

 

Jantar

Ainda antes  do jantar com 2 triângulos light. Primeiro porque estava com fome (tinha acabo de chegar do ginásio) e segundo porque sabia que íamos sair e não sabia a que horas ia jantar. Decidi prevenir-me para não ter fome na rua e cair na tentação de ir a algum restaurante de fast food).

Quando finalmente cheguei a casa comi os meus útlimos panados de frango com a linhaça e juntei um ovo estrelado e cenoura ralada. Bebi depois um descafeínado.

 

Resumindo e concluindo acho que correu bem, Neste dia uma amiga falou-me uma proteína em pó que ela toma depois de treinar. Diz que é bom para regenerar os músculos e não ter aquela fome esganada que eu às vezes sinto.

Ainda estou a informar-me melhor se devia tomar isso ou não, tenho algumas dúvidas sobre suplementos alimentares. Nunca tomei e acho que devo ter algum cuidado.

A ver vamos.

 

 

18
Jan18

Dias 9 e 10 da minha dieta

Ena pá já estou atrasada com as minhas rotinas na dieta dos 31 dias.
Com a história do euromilhões quase que ia pelo caminho das asneiras. Sim, eu sinto que o meu humor mexe com aquilo que vou comer.
E é isso que tenho de controlar.

 

Então vamos lá primeiro ao dia 9
Sinto que já me estou a adaptar bem a esta dieta embora às vezes tenho dúvidas nos acompanhamentos.

Resumidamente, o pequeno almoço foi uma fatia de pão de alfarroba com um ovo mexido e um chá sem açúcar; o snack da manhã foi um iogurte skyr e 3 nozes; o almoço salmão grelhado com couve-flor e feijão verde cozidos; o snack da tarde foi gelatina + queijo + um café; (uma hora depois fui treinar durante 60 minutos) o jantar foi um panado de peru com cenoura ralada.

É deste panado de peru que quero falar. Tinha lá uma data de bifes de peru e ao folhear o livro da doutora Ágata Roquette encontrei uma receita que em vez de pão ralado usava farinha de linhaça. Eu já usava linhaça quando fazia uns wraps e gosto muito.
Basicamente temperei os bifes com alho, sal e sumo de limão e deixei marinar uma meia hora. Depois coloquei num prato a linhaça e noutro prato bati dois ovos.
Usei óleo de coco na frigideira e passei os bifes pelo ovo e depois pela linha linhaça.
Pode não ser mega saudável porque é frito, mas é tão bom!

 

Dia 10
Mais uma vez comi o pão de alfarroba com manteiga de amendoim e um chá sem açúcar; o snack da manhã foi um iogurte skyr e 3 nozes; o almoço panado de peru com salada de alface e tomate; o snack da tarde foi só queijo (e quase a correr, acho que ia treinar sem comer quando me lembrei que tinha estado a tarde toda sem comer... fui treinar 1 hora e 30 minutos); o jantar foi uma lata de sardinhas em azeite.
O marido estava a fazer umas belas entremeadas grelhadas, mas eu consegui resistir. Podia ter acompanhado melhor as sardinhas, mas estava tão cansada que só queria despachar-me.

Depois do jantar comecei a preparar a marmita do dia seguinte: pescada ao vapor.
Não gosto muito de pescada, mas sei que me faz bem, tenho de fazer um esforço para comer.
Eu consigo, eu sei que sim.

 

Fica a foto do pão que fiz neste dia 10 e que já congelei para ter sempre à mão aos pequenos almoços. Querem ver?

IMG_20180117_214124.jpg

 

17
Jul17

Um tema diferente: dietas

Hoje voltei de férias e quando fui à balança ver o estrago. Lá estavam mais três quilos. Porquê, penso eu?

Só porque não fui ao ginásio e comia quase todos os dias, gelados, bolos, batatas fritas de pacote?

Não é justo, ou é...

Pronto hoje começa o dia em que volto a olhar bem para o corpo e até já fui ao ginásio. Ainda tinha lá o meu plano de exercícios bem guardado. Começo sempre pelo stepper e são só 7 minutos, mas hoje custou-me muito, passavam 3 minutos e já estava a bufar.

Como é que duas semanas fazem isto? Para mim é um mistério.

Para além do exercício físico, decidi também implentar a dieta dos 31 dias da Dra. Ágata Roquete. Já tenho este livro desde 2014 e sempre que fiz esta dieta tive bons resultados.

Só preciso de força de vontade, como em tudo na vida.

Primeiro passo, antes do gym, foi ir à balança e ver a desgraça: 65,0 Kg e 35,5% de massa gorda. Depois as medidas com a fita métrica, perímetro abdominal (parte mais fina do tronco): 78 cm; ancas: 100 cm; e barriga (umbigo): 88 cm. Penso que depois de ter 2 filhos, tenho um 1,58 e 40 anos, não devo estar muito mal, mas podia estar melhor.

Depois tirei uma foto que só me apetecia apagar e pronto estava pronta para o pequeno almoço: uma omelete com 2 ovos.

Deixei passar 30 minutos e lá fui ao gym. Queria ter estado lá uma hora mas como não consegui, fiquei 45 minutos.

Não quero arranjar desculpas, a minha nutricionista diz que tenho desculpas para tudo.

O almoço fiz um frango no forno com limão. Para o resto da família fiz arroz, para mim, salada com alface, tomate e mozarella.

Agora para o lanche estou a tentar fazer umas mini-quiches que vi neste site:

https://www.youtube.com/watch?v=qJyVLoIa_W4

 

Vamos ver como vão correr estes 31 dias.

belly-2354_640.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo