Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mistérios, mentiras & modas

Mistérios, mentiras & modas

08
Fev18

O dia 31, supostamente o último dia da minha dieta

scale-403585_640.jpg

 

Pois, aparentemente terá chegado ao fim os 31 dias da minha dieta. Ou seja, o livro chama-se “A Nova Dieta dos 31 dias”, por isso atingi agora o dia 31, será que terminou? Nem por sombras.

Segundo o livro, depois do dia 31, devo começar mais 31 novos dias da dieta mas agora vou incluir os hidratos de carbono (de forma controlada).

 

Mas será que vou já avançar para essa fase?

Sinceramente, acho que não mereço. Quem me segue e viu os posts anteriores deve concordar comigo. Ainda não estou preparada para a fase seguinte.

Por isso acho que devo continuar nesta primeira fase até conseguir controlar melhor as coisas, principalmente o dia livre ou mais conhecido como o dia da asneira.

Sinto que com os desvarios que tive nos últimos dias parece que foi tudo por água abaixo. Hoje pesei-me de manhã e na verdade tinha ganho os três quilos que tinha perdido nas primeiras duas semanas.

Começo a perceber que o meu corpo é assim, ou te portas bem e sim podes perder o peso que querias ou se te desvias do caminho voltas a ganhar tudo rapidamente.

É o que é e acho que não há mais nada a fazer.

 

Refeições do dia 31 da minha dieta

 

Pequeno-almoço

Resto das panquecas de aveia que tinha feito no domingo à noite, mas acrescentei manteiga de amendoim para dar algum sabor. Ficaram perfeitas, agora sim.

 

Snack da manhã

Um iogurte skyr mais 10 amêndoas (sabia que ia almoçar mais tarde por isso reforcei este snack.).

 

Almoço

Comecei por provar o pão das entradas com um paté de delícias do mar e depois comi um bife grelhado com umas batatas fritas, uma cola zero e um semifrio. Pronto, voltei a estragar-me, mas estava a pagar a refeição e achei que tinha de aproveitar. Finalizei com um café sem açúcar.

 

Snack da tarde

Pois, não houve. Estava cheia do almoço (como é óbvio) e depois fui treinar cerca de uma hora e meia.

 

Jantar

Aqui já estava com alguma fome, mas não queria estragar o trabalho do ginásio, por isso decidi fazer uma omelete improvisada com uma lata de atum natural e juntei metade de um tomate que tinha lá pelo frigorífico. Resultado final: não gostei, mas tive de comer.

Portanto é mais uma coisa a não repetir.

 

 

 

 

07
Fev18

Novamente de volta aos eixos

barley-field-1684052_640.jpg

 

Pois é, depois do caos de ontem, este dia consegui voltar aos eixos.

Acho que só faltou ter conseguido ir ao ginásio para ter sido um dia perfeito de volta aos eixos, mas pronto, o frio falou mais alto e optei por comer bem para compensar as asneiras dos dias anteriores.

Não sei como fazem, mas a mim está a custar-me imenso ter de sair de casa para ir ao ginásio e trocar de roupa. Sinto-me congelada.
Só quero estar na caminha com o meu pijama.

Sei que devia aproveitar mais o meu dia, mas tem sido mais difícil com este frio. Possivelmente é mais uma desculpa minha, mas acho que neste caso, a alimentação consegue ser mais importante.

Já alguém me dizia, para perder peso é 80% de nutrição e 20% de ginásio.

Estou a contar ir ao ginásio o resto dos dias desta semana. Espero conseguir e vou dando notícias por aqui.

 

Vamos às refeições do dia?

 

Pequeno-almoço
Uma fatia do meu pão de alfarroba com um triângulo light da vaca que ri + um chá verde + um café sem açúcar.

 

Snack da manhã
Um iogurte skyr.

 

Almoço
Bifanas salteadas com pickles.

 

Sanck da tarde
3 nozes

 

Jantar
Uma posta de salmão grelhado com salada de alface e tomate. Um descafeínado.

06
Fev18

Um caos total!

chaos-485493_640.jpg

 

Então vamos lá à dolorosa. Pois é eu fui "campeã" na sexta, mas no sábado, domingo e segunda estive muito longe desse título.

 

Possivelmente por ter resistido tanto na sexta, no sábado de manhã comecei a fazer o meu dia livre e só terminei na segunda-feira.


Secalhar devia ter matado o desejo na sexta para não cometer tantas asneiras nos dias seguintes.

 

Não me consegui mesmo controlar.

 

Sábado foi panquecas com nutella, ao almoço comi peixe com batatas no forno. Depois à tarde foram ameijoas com pão, uma caipirinha, quiche de frango (feita por uma amiga e com massa claro), bolo de limão, tarde de amêndoa... é uma lista sem fim.

No domingo achei que ia correr melhor, mas ainda tinha restos de comida em casa.
Ao pequeno almoço ainda tentei seguir uma receita do livro da Ágata Roquette que era iogurte natural com duas colheres de flocos de aveia, uma colher de sopa de manteiga de amendoim e frutos vermelhos. Odiei, parecia papa e eu não gosto de papas.

 

Resultado, lá me virei eu para o pão outra vez.

 

Ao almoço, fiz peixe no forno, mas não tinha acompanhamento para mim, por isso tive de comer as batatas no forno, outra vez.


Depois acabei por comer mais bolo, mais tarde de amêndoa, mais uns bombons de chocolate.

Ao jantar fiz bifanas com pickles, já a pensar no almoço de segunda, sem hidratos. Mas acabei a comer o resto do empadão de sábado e ainda não satisfeita, comi um pouco das bifanas com os pickles com pão e batatas fritas de pacote.

 

Um caos total.

 

Segunda. "Agora é que vai ser", pensei eu.


Supostamente, segunda ia conseguir, nada estava perdido... ainda.

 

O pequeno almoço correu bem, snack da manhã ok. Depois veio o almoço.


Fui almoçar com a minha mãe e levei as bifanas com os pickles. Ela até me fez uma bela salada, mas estava tão fria que quase não consegui comer.

 

Depois do almoço, bebi um café, um chá e depois a bela da mãe ofereceu-me um bolo. E que lindo que era. Claro que provei e quando olhei tinha comido quase metade.


Que horror, tanto esforço ao almoço e depois fui comer bolo? A sério?

 

E praticamente incontrolável. Se tivesse comido arroz com as bifanas secalhar não tinha comido metade do bolo...

À tarde, tinha demasiado frio para ir ao ginásio, apenas porque isso implicava ter de mudar de roupa e eu só pensava em vestir o meu pijaminha quentinho.

 

Acabei por não ir ao ginásio e ao jantar comi o resto da quiche de frango, ou seja, voltei a não conseguir cumprir a dieta.

 

Resumindo


Estes dias 27, 28 e 29 da minha dieta foram um caos total, mas não vou deixar que isso me deite abaixo.

Tenho de me reerguer e continuar a luta. Agora que cheguei tão longe não posso (e não quero) desistir.

Já falei com a minha professora do ginásio que já me incutiu motivação, agora só resta ser mais forte, um dia de cada vez.

02
Fev18

"Foste uma campeã". A saga do dia 26 da minha dieta

Pois é, hoje o dia correu melhor. Consegui resistir a mais algumas tentações que se colocaram à minha frente e o jantar com familiares foi perfeito... ou quase.

Conto tudo nas refeições do dia:

 

Pequeno-almoço

Pão de alfarroba com manteiga de amendoim, um chá verde e um café.

 

Snack da manhã

Um iogurte natural skyr com frutos silvestres.

 

Almoço

Antes do almoço comi as minhas 3 nozes.

O almoço foi lombinhos de porco com salada e fruta. Bebi uma frize de limão e no fim um café.

 

Snack da tarde

Fui treinar no final da tarde e só depois comi 2 triângulos da vaca que ri light.

 

Jantar

O tal jantar de família correu bem. Era frango assado com batatas de pacote e arroz. Eu comi frango com frango. Não havia salada e eu não queria estragar o meu dia.

Nem acredito que consegui. Até somersby e vinho branco me ofereceram e eu nada.

Depois a sobremesa, bolo de chocolate com gelado e eu: "não, obrigada".

No final aceitei um café sem açúcar.

Ninguém me perguntou nada, mas olhavam indiretamente. 

Foi positivo. 

Quando contei ao marido que tinha resistido a tudo, ele disse: "foste uma campeã".

Obrigada Amor!!!!

 

02
Fev18

Tão próxima da meta... mas tão longe

Pois é, estes últimos dois dias têm sido muito difíceis... Desde que fiz aquela avaliação no ginásio que sinto-me a desmotivar. Quer dizer, por algum motivo a Dra Ágata Roquette no livro pede para NÃO nos pesarmos. Por isto mesmo, desmotivação.
Desmotivação por ver que afinal não está a correr tão bem como eu pensava, apesar dos fantásticos resultados após as duas primeiras semanas.

Estou a tentar controlar-me mas não sei até quando vou conseguir resistir às tentações que se apresentam todos os dias. Oferecem-me bolos, o café traz um quadradinho de chocolate, pequenas coisas que fazem toda a diferença nos resultados finais.

Neste dia 26 da minha nova dieta dos 31 dias caí em tentação duas vezes, mas podiam ter sido muitas mais.
Nas duas foi um chocolate com um café. No fundo também para ver se acalmava a minha ansiedade.
Ao lanche, fiz panquecas para a família e antes que caísse na asneira, fui logo fazer uma panqueca de banana, que estava no livro.

Sublinho que não gosto de banana (eu sei que me faz falta), mas consegui comer misturada com um ovo e canela.

Acho que acalmou a minha gula que já estava a desenvolver-se.

Também estou a passar por aquela altura do mês mais sensível às mulheres e penso que isso também pode ser um fator a considerar. Vamos ver.

Refeições do dia 25

Pequeno almoço
Uma fatia de pão de alfarroba feito por mim com tomate e oregãos. Esta receita também é do livro, só me esqueci da parte do azeite. Nem senti falta dele, tal devia ser a minha fome. Bebi um chá verde sem açúcar e depois um café.

Snack da manhã
Um iogurte com proteína, continuo a comer o dos corpos danone e estou muito satisfeita.

Almoço
Hoje fui ao Vitaminas, não sei as calorias, mas eles têm lá umas almôndegas de soja que eu adoro! Comi a salada sem massa (claro), só com mistura e rúcula, as almôndegas de soja, ovo cozido, abacaxi e mozarella. No fim bebi um café sem açúcar e um chocolatinho preto a acompanhar.

Snack da tarde
10 amêndoas. Mais tarde fiz a tal panqueca de banana e bebi um chá.

Jantar
2 costoletas com cebola salteada com alho e um ovo estrelado. Um descafeínado mais um bombom de chocolate.

Neste dia não fui ao ginásio. Pensei em várias desculpas para não ir: o marido adoentado, o frio, ter ido segunda, terça e quarta... Mas acabo sempre por me sentir culpada. Eu podia ter ido se não fosse tão preguiçosa.

Mais uma coisa a combater no futuro, a preguiça.

Por agora, é continuar e não desistir.
Hoje tenho um jantar de família, claro que eles não sabem da minha dieta e claro que vão reparar quando eu não comer hidratos e sobremesas. E claro que vão perguntar: "estás a fazer dieta? Porquê? Bla, bla, bla, bla".

E eu penso: "podem deixar-me em paz, por favor? Obrigada".

31
Jan18

Mais um dia, mais uma conquista

Passo a passo, vai sendo possível ver cada vez melhor os resultados da dieta.

Realmente custou-me começar, mas foi só mesmo os primeiros dias. À medida que o tempo passa (e o tempo passa muito depressa), consigo constatar que afinal não era assim tão difícil.

Era mesmo uma questão de vontade. A vontade de começar, de mudar, de lutar todos os dias com aquelas pequenas tentações que nos surgem constantente, a vontade de fazer as escolhas certas.

Depois de ter isso, fica tudo mais fácil.

É só dar esse primeiro passo.

 

Refeições do dia 23 da minha dieta

 

Pequeno almoço

Um pão de centeio com queijo mais um café

 

Snack da manhã

3 nozes

 

Almoço

Mais um almoço fora, desta vez optei por um bitoque sem a batata frita, só com a salada. Finalizei com um café.

 

Snack da tarde

O almoço foi tardio por isso não fiz o snack da tarde. Se não tinha fome, acho que não tenho de comer por obrigação.

Fui antes treinar cerca de 30 minutos intensos.

 

Jantar

Duas costoletas no forno com o resto da couve-flor gratinada que me sobrou de ontem. Um descafeínado.

IMG_20180129_210614.jpg

 

Vamos lá agora dia 24. Estou à tua espera.

29
Jan18

Quarta semana da fase 1 ou o dia 22 da minha dieta

Ora bem, cá vai mais um dia da minha dieta. Hoje fui almoçar ao japonês, mas daqueles que também têm chinês.

Por isso consegui resistir ao sushi e assim evitar o arroz e aproveitei para comer gambas salteadas com couve, rebentos de soja, cogumelos, pimento vermelho, cebola e abacaxi.

Não foi fácil, porque adoro sushi, mas teve de ser, é para cumprir à risca.

 

Refeições

 

Pequeno-almoço

Uma fatia do meu pão de alfarroba com manteiga de amendoim mais chá verde.

 

Snack da manhã

Nozes

 

Almoço

No japonês/chinês só comi gambas com legumes e abacaxi. Um café sem açúcar.

 

Não fiz o snack da tarde porque não tive fome. Ao final do dia fui treinar uma hora e meia.

 

Jantar

Lulas grelhadas (usei uma receita do livro da nova dieta dos 31 dias) com couve-flor gratinada (outra receita do livro).

IMG_20180129_210553.jpg

 

As lulas estavam melhores que a couve-flor, mas usei o molho das lulas (alho, coentros, sumo de limão e azeite)  e juntei à couve-flor. Ficou melhor, comestível.

Eu achava que gostava de couve-flor, mas parece que nunca acerto na receita certa, para que fique mesmo delicioso.

IMG_20180129_210614.jpg

 

É continuar a tentar.

 

 

28
Jan18

Mais um dia, mas uma mini asneira (porque eu mereço)

Olá, olá,

Este é o dia 21 da minha dieta dos 31 dias e uau como o tempo passou a correr. Só agora me apercebo que só faltam 10 dias para completar os 31 dias e nem acredito que estou a conseguir.

É verdade que tenho tido uma ajudinha de alguns comentários que me dão ainda mais força para continuar. Só por isso quero dizer (outra vez) obrigada!

Como o título diz hoje fiz uma mini asneira, achei que a mereci e já explico porquê.

Na quarta fiz várias asneiras e por isso esse dia teve de ficar com o título de "dia livre". Isso significava que hoje (domingo) não ia poder fazer o dia da asneira. Acho que consegui ao máximo, mas... comi uma fatia de bolo que eu fiz para o marido e filhos.

Achei que tinha de provar, nunca tinha feito este bolo de mármore e acho que merecia provar porque consegui passar o fim de semana sem cometer asneiras (há muito tempo que tal não acontecia).

Claro que tive algum receio de depois de comer o bolo me dar vontade de comer outras coisas que não devo, mas não. Continuei a minha dieta normalmente, como se não tivesse comido aquela fatia (que por acaso estava mesmo muito boa).

Tirei uma foto para vocês. Que tal?

 

IMG_20180128_210405.jpg

 

Refeições do dia

 

Pequeno almoço

Gostei tanto daquela "brushetta de tomate e oregãos" que hoje tive de fazer novamente. É uma coisa que tem de ser feita com tempo e não estou a ver estar a fazer esta delícia quando tenho pressa de sair para ir trabalhar. Bebi um café sem açúcar e ainda um sumo de laranja natural (por acaso não sei se podia, mas tinha umas laranjas a estragar e tive de as aproveitar).

 

Almoço

Não fiz o snack da manhã porque o pequeno almoço já foi tardio. O almoço foi 2 carapaus grelhados com salada de alface, tomate e pimento vermelho. No fim um café sem açúcar.

 

Snack da tarde

Comi uns amendoins enquanto via um filme (o que nunca é boa ideia porque não estava a controlar quantos podia comer com esta dieta, mas penso que eram só 10). Penso que tirei comido mais. Acompanhei com um iogurte skyr da marca Danone. Normalmente comprava os da marca continente, mas na sexta estavam em promoção os corpos danone. Estive a comparar, calorias, açúcar e estes tinham muito menos. Comi o de sabor a framboesa e gostei muito.

No final da tarde, comi a tal fatia de bolo mármore. Foi só uma.

 

Jantar

Ainda tinha aquela mistura dos ovos recheados com atum que tinha feito na semana passada. Como tinha já dois ovos cozidos, cortei em bocadinhos e acompahei com aquela mistura de atum, cebola, gema do ovo e salsa. Estava muito bom e fiquei satisfeita. Bebi mais um café sem açúcar.

 

Amanhã começo a 4ª semana da minha nova dieta dos 31 dias. Espero que corra bem.

 

28
Jan18

Dia 20 da minha dieta: um sucesso

IMG_20180127_180949.jpg

Claro que eu tinha de começar este meu post com o pão que fiz hoje. Não ficou lindo???

Deve estar mesmo bom, mas só amanhã vou poder provar.

Vamos às refeições de hoje.

 

Pequeno-almoço

Uma fatia de pão com azeite, tomate e orégãos. Esta é uma das receitas do livro, chama-se brushetta de tomate e orégãos.

Adorei mesmo.

Uma hora depois fui treinar durante um hora e meia.

 

Snack da manhã

3 nozes

 

Almoço

Salmão grelhado com salada de alface, tomate, cebola e pimento vermelho. Um café sem açúcar.

 

Lanche

Mais uma receita do livro, panqueca de banana. Confesso que não gosto muito de bananas, mas assim misturado com outros alimentos até comi bem.

Esmaguei a banana, juntei um ovo e canela e depois levei ao lume.

Não ficou perfeita mas pronto, fiquei satisfeita e não tive fome.

 

Jantar

3 fatias de lombo de porco no forno com cogumelos salteados, alface, tomate e um ovo estrelado. Um café sem açúcar.

 

27
Jan18

O dia 19 e a dúvida em tomar proteína depois do ginásio

Finalmente uma sexta-feira e sabe tão bem pensar que vou descansar no fim de semana.

Por outro lado fico um pouco ansiosa ao pensar que vou estar ainda mais perto de tentações e até tinha prometido que fazia um bolo mármore para os meus filhos...

Portanto uma coisa de cada vez.

 

Pequeno almoço

Uma fatia do meu pão de alfarroba com manteiga de amendoim mais um chá verde e um café sem açúcar.

 

Snack da manhã

Um iogurte skyr

 

Almoço

Uma posta de salmão grelhado com uma salada de alface, tomate e cebola. (Preciso de começar a ser mais criativa com as saladas, estas assim simples não me saciam e não me sabem tão bem quanto deveriam).

 

Snack da tarde

3 nozes

Depois fui treinar cerca de 60 minutos.

Pixabay

 

Jantar

Ainda antes  do jantar com 2 triângulos light. Primeiro porque estava com fome (tinha acabo de chegar do ginásio) e segundo porque sabia que íamos sair e não sabia a que horas ia jantar. Decidi prevenir-me para não ter fome na rua e cair na tentação de ir a algum restaurante de fast food).

Quando finalmente cheguei a casa comi os meus útlimos panados de frango com a linhaça e juntei um ovo estrelado e cenoura ralada. Bebi depois um descafeínado.

 

Resumindo e concluindo acho que correu bem, Neste dia uma amiga falou-me uma proteína em pó que ela toma depois de treinar. Diz que é bom para regenerar os músculos e não ter aquela fome esganada que eu às vezes sinto.

Ainda estou a informar-me melhor se devia tomar isso ou não, tenho algumas dúvidas sobre suplementos alimentares. Nunca tomei e acho que devo ter algum cuidado.

A ver vamos.

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo