Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mistérios, mentiras & modas

Mistérios, mentiras & modas

21
Jan18

Finalmente os primeiros resultados da minha dieta

Pixabay

 

 

Pois é, decidi que era melhor tirar as medidas e pesar-me no dia 13 da minha dieta porque possivelmente ia apetecer-me começar o dia livre na tarde de sábado e acabar na tarde de domingo.

E assim foi.

Eram umas nove da manhã quando me pesei, em jejum e depois de ter ido à casa de banho.

Fui comparar com o dia 1 da dieta e a diferença foi 3,7 kg.

Sim, 3,7 kg. Até usei a calculadora para ter a certeza que estava a fazer bem as contas.

Quase 4 quilos em duas semanas!

É verdade, esta dieta funciona comigo. Sempre que a fiz e segui tinha bons resultados e agora estão documentados.

As medidas também foram excelentes, a que me agradou mais foi a da barriga (fiz pelo umbigo), foram 6 cm à vida. 

Por isso as calças não estavam tão apertadas.

Bem então vamos lá ao dia 13 e 14.

No sábado, o pequeno-almoço foi uma panqueca de aveia (1 ovo, aveia e água, fiz a olho até ter a consistência que me agradava, receita da minha treinadora no ginásio!).

Fui treinar a seguir durante 1 hora e 30 minutos e a seguir o almoço foi uma dourada grelhada com salada. O marido tinha feito mais umas batatas no forno poque achava que eu queria, mas eu resisti e disse que podiam ficar para o puré do dia seguinte.

Mais ou menos às 16:30, comecei a ter fome e refugiei-me em 3 nozes.

Foi às 17:30 que comecei o dia da asneira que ia durar agora até às 17:30 de domingo.

 

O dia livre

Tinha feito um bolo tipo queque com pepitas de chocolate, provei mas não adorei. Depois claro que ataquei umas batatas de pacote e bebi um licor.

O jantar foi esparguete com lombo de porco (2 fatias). Confesso que tive de repetir porque estava muito bom. 

Depois bebi um café e mais um licor.

No domingo comecei o dia a comer o resto da panqueca de aveia (só tinha comido metade no sábado) e acrescentei uma maçã e canela.

O almoço foi carne de vaca estufada com puré de batata e cenoura, salada e acompanhei com umas fatias de pão (tipo baguette) com alho, orégãos e azeite. A sobremesa foi aletria (não gostei) e finalizei com mais um café e um licor.

Falta dizer que durante a refeição ,bebi 2 copos de vinho rosé.

Por volta das 17:00 quis fazer a minha última asneira: uma fatia de pão de alfarroba com umas rodelas de chouriço assado.

Tinha levado duas fatias de pão, mas acabei por comer só uma. Senti-me satisfeita e achei melhor parar.

Na hora do jantar não estava com fome, por isso bebi apenas um chá.

 

Uma nova semana

Amanhã é um novo dia e já preparei a marmita para o dia seguinte.

Tenho aquelas quiches sem massa que tinha feito na quinta e que estiveram sempre no frigorífico por isso espero que estejam boas.

Tenho a fatia de pão que me sobrou para o pequeno-almoço e um iogurte para o snack da manhã. No livro ao dia 15, a doutora diz que já devo conseguir comer um iogurte sozinho (sem os frutos secos). 

Vou levar na mesma os frutos secos para o caso de ter fome.

Acho que estou organizada, tive bons resultados em duas semanas e estiquei-me (como sempre) no dia livre.

Se eu conseguir ir controlando isto acho que vai correr bem e não tenho de me sentir culpada de nada.

Boa semana!

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo