Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mistérios, mentiras & modas

Mistérios, mentiras & modas

31
Jan18

"Eu não vou desistir de ti"

São palavras bonitas, eu sei. E tenho muita sorte por ter uma pessoa que me dá tanto apoio.

Refiro-me à minha professora do ginásio, a pessoa que me tem dado muita força nos últimos tempos.

Incentiva-me, puxa por mim, passa-me treinos semanais de acordo com o meu horário de trabalho... É uma pessoa incrível e eu tenho muita sorte.

Estas palavras que ela me disse foram antes da avaliação que fiz hoje no ginásio. E até aqui ela me disse "seja qual for o resultado, não vais desistir".

Ela já sabia que eu estava ansiosa, conhece  a dieta que estou a fazer, portanto é como se soubesse tudo sobre mim.

No ginásio, eu tinha levado os dados da última avaliação, a 31 de outubro de 2017, esperava bons resultados e se possível melhores do que há 3 meses atrás.

Acho que ficamos as duas incrédulas: aumentei o peso, ganhei uns centímetros e apenas baixei a massa gorda.

Ok, é bom sinal, é sinal de que estou a ganhar massa muscular, mas porque é que peso não desceu? 

Eu sei que não vale a pena pensar muito nisso, é preciso é continuar. Mas não consegui esconder a minha tristeza, esperava mais.

Seja como for, fiz tudo o que ela me pediu e comi bem.

Acho que tenho de dar tempo ao tempo. Vamos voltar a reavaliar a 14 de fevereiro.

 

 Refeições do dia 24

 

Pequeno-almoço

Uma fatia do meu pão, pesa cerca de 80 gramas, com manteiga de amendoim mais um chá verde e depois um café sem açúcar.

 

Snack da manhã

Um iogurte mais um triângulo light a vaca que ri.

 

Almoço

Um naco na pedra, desta vez pedi logo sem molhos mais uma salada. Uma fatia pequena de melão. Um café sem açúcar.

 

Snack da tarde

Este snack já foi depois do ginásio, porque antes de ir treinar não tinha fome.  3 nozes.

 

Jantar

Um hambúrguer mais meio grelhado com cenoura ralada. Um descafeínado sem açúcar.

 

31
Jan18

Mais um dia, mais uma conquista

Passo a passo, vai sendo possível ver cada vez melhor os resultados da dieta.

Realmente custou-me começar, mas foi só mesmo os primeiros dias. À medida que o tempo passa (e o tempo passa muito depressa), consigo constatar que afinal não era assim tão difícil.

Era mesmo uma questão de vontade. A vontade de começar, de mudar, de lutar todos os dias com aquelas pequenas tentações que nos surgem constantente, a vontade de fazer as escolhas certas.

Depois de ter isso, fica tudo mais fácil.

É só dar esse primeiro passo.

 

Refeições do dia 23 da minha dieta

 

Pequeno almoço

Um pão de centeio com queijo mais um café

 

Snack da manhã

3 nozes

 

Almoço

Mais um almoço fora, desta vez optei por um bitoque sem a batata frita, só com a salada. Finalizei com um café.

 

Snack da tarde

O almoço foi tardio por isso não fiz o snack da tarde. Se não tinha fome, acho que não tenho de comer por obrigação.

Fui antes treinar cerca de 30 minutos intensos.

 

Jantar

Duas costoletas no forno com o resto da couve-flor gratinada que me sobrou de ontem. Um descafeínado.

IMG_20180129_210614.jpg

 

Vamos lá agora dia 24. Estou à tua espera.

29
Jan18

Quarta semana da fase 1 ou o dia 22 da minha dieta

Ora bem, cá vai mais um dia da minha dieta. Hoje fui almoçar ao japonês, mas daqueles que também têm chinês.

Por isso consegui resistir ao sushi e assim evitar o arroz e aproveitei para comer gambas salteadas com couve, rebentos de soja, cogumelos, pimento vermelho, cebola e abacaxi.

Não foi fácil, porque adoro sushi, mas teve de ser, é para cumprir à risca.

 

Refeições

 

Pequeno-almoço

Uma fatia do meu pão de alfarroba com manteiga de amendoim mais chá verde.

 

Snack da manhã

Nozes

 

Almoço

No japonês/chinês só comi gambas com legumes e abacaxi. Um café sem açúcar.

 

Não fiz o snack da tarde porque não tive fome. Ao final do dia fui treinar uma hora e meia.

 

Jantar

Lulas grelhadas (usei uma receita do livro da nova dieta dos 31 dias) com couve-flor gratinada (outra receita do livro).

IMG_20180129_210553.jpg

 

As lulas estavam melhores que a couve-flor, mas usei o molho das lulas (alho, coentros, sumo de limão e azeite)  e juntei à couve-flor. Ficou melhor, comestível.

Eu achava que gostava de couve-flor, mas parece que nunca acerto na receita certa, para que fique mesmo delicioso.

IMG_20180129_210614.jpg

 

É continuar a tentar.

 

 

28
Jan18

Mais um dia, mas uma mini asneira (porque eu mereço)

Olá, olá,

Este é o dia 21 da minha dieta dos 31 dias e uau como o tempo passou a correr. Só agora me apercebo que só faltam 10 dias para completar os 31 dias e nem acredito que estou a conseguir.

É verdade que tenho tido uma ajudinha de alguns comentários que me dão ainda mais força para continuar. Só por isso quero dizer (outra vez) obrigada!

Como o título diz hoje fiz uma mini asneira, achei que a mereci e já explico porquê.

Na quarta fiz várias asneiras e por isso esse dia teve de ficar com o título de "dia livre". Isso significava que hoje (domingo) não ia poder fazer o dia da asneira. Acho que consegui ao máximo, mas... comi uma fatia de bolo que eu fiz para o marido e filhos.

Achei que tinha de provar, nunca tinha feito este bolo de mármore e acho que merecia provar porque consegui passar o fim de semana sem cometer asneiras (há muito tempo que tal não acontecia).

Claro que tive algum receio de depois de comer o bolo me dar vontade de comer outras coisas que não devo, mas não. Continuei a minha dieta normalmente, como se não tivesse comido aquela fatia (que por acaso estava mesmo muito boa).

Tirei uma foto para vocês. Que tal?

 

IMG_20180128_210405.jpg

 

Refeições do dia

 

Pequeno almoço

Gostei tanto daquela "brushetta de tomate e oregãos" que hoje tive de fazer novamente. É uma coisa que tem de ser feita com tempo e não estou a ver estar a fazer esta delícia quando tenho pressa de sair para ir trabalhar. Bebi um café sem açúcar e ainda um sumo de laranja natural (por acaso não sei se podia, mas tinha umas laranjas a estragar e tive de as aproveitar).

 

Almoço

Não fiz o snack da manhã porque o pequeno almoço já foi tardio. O almoço foi 2 carapaus grelhados com salada de alface, tomate e pimento vermelho. No fim um café sem açúcar.

 

Snack da tarde

Comi uns amendoins enquanto via um filme (o que nunca é boa ideia porque não estava a controlar quantos podia comer com esta dieta, mas penso que eram só 10). Penso que tirei comido mais. Acompanhei com um iogurte skyr da marca Danone. Normalmente comprava os da marca continente, mas na sexta estavam em promoção os corpos danone. Estive a comparar, calorias, açúcar e estes tinham muito menos. Comi o de sabor a framboesa e gostei muito.

No final da tarde, comi a tal fatia de bolo mármore. Foi só uma.

 

Jantar

Ainda tinha aquela mistura dos ovos recheados com atum que tinha feito na semana passada. Como tinha já dois ovos cozidos, cortei em bocadinhos e acompahei com aquela mistura de atum, cebola, gema do ovo e salsa. Estava muito bom e fiquei satisfeita. Bebi mais um café sem açúcar.

 

Amanhã começo a 4ª semana da minha nova dieta dos 31 dias. Espero que corra bem.

 

28
Jan18

Dia 20 da minha dieta: um sucesso

IMG_20180127_180949.jpg

Claro que eu tinha de começar este meu post com o pão que fiz hoje. Não ficou lindo???

Deve estar mesmo bom, mas só amanhã vou poder provar.

Vamos às refeições de hoje.

 

Pequeno-almoço

Uma fatia de pão com azeite, tomate e orégãos. Esta é uma das receitas do livro, chama-se brushetta de tomate e orégãos.

Adorei mesmo.

Uma hora depois fui treinar durante um hora e meia.

 

Snack da manhã

3 nozes

 

Almoço

Salmão grelhado com salada de alface, tomate, cebola e pimento vermelho. Um café sem açúcar.

 

Lanche

Mais uma receita do livro, panqueca de banana. Confesso que não gosto muito de bananas, mas assim misturado com outros alimentos até comi bem.

Esmaguei a banana, juntei um ovo e canela e depois levei ao lume.

Não ficou perfeita mas pronto, fiquei satisfeita e não tive fome.

 

Jantar

3 fatias de lombo de porco no forno com cogumelos salteados, alface, tomate e um ovo estrelado. Um café sem açúcar.

 

27
Jan18

O dia 19 e a dúvida em tomar proteína depois do ginásio

Finalmente uma sexta-feira e sabe tão bem pensar que vou descansar no fim de semana.

Por outro lado fico um pouco ansiosa ao pensar que vou estar ainda mais perto de tentações e até tinha prometido que fazia um bolo mármore para os meus filhos...

Portanto uma coisa de cada vez.

 

Pequeno almoço

Uma fatia do meu pão de alfarroba com manteiga de amendoim mais um chá verde e um café sem açúcar.

 

Snack da manhã

Um iogurte skyr

 

Almoço

Uma posta de salmão grelhado com uma salada de alface, tomate e cebola. (Preciso de começar a ser mais criativa com as saladas, estas assim simples não me saciam e não me sabem tão bem quanto deveriam).

 

Snack da tarde

3 nozes

Depois fui treinar cerca de 60 minutos.

Pixabay

 

Jantar

Ainda antes  do jantar com 2 triângulos light. Primeiro porque estava com fome (tinha acabo de chegar do ginásio) e segundo porque sabia que íamos sair e não sabia a que horas ia jantar. Decidi prevenir-me para não ter fome na rua e cair na tentação de ir a algum restaurante de fast food).

Quando finalmente cheguei a casa comi os meus útlimos panados de frango com a linhaça e juntei um ovo estrelado e cenoura ralada. Bebi depois um descafeínado.

 

Resumindo e concluindo acho que correu bem, Neste dia uma amiga falou-me uma proteína em pó que ela toma depois de treinar. Diz que é bom para regenerar os músculos e não ter aquela fome esganada que eu às vezes sinto.

Ainda estou a informar-me melhor se devia tomar isso ou não, tenho algumas dúvidas sobre suplementos alimentares. Nunca tomei e acho que devo ter algum cuidado.

A ver vamos.

 

 

25
Jan18

A recuperação do dia 18

Depois da tempestade vem a bonança, sempre ouvi dizer.

beach-1867285_640.jpg

 

Só queria agradecer as mensagens de força que recebi. Como é que umas palavras nos tornam mais fortes? É verdade que conseguem.

A minha mente também me dizia, "deixa lá", "acontece", "amanhã é um novo dia"... agora ter outras pessoas que nos dão apoio é algo muito melhor.

Obrigada do fundo do coração.

Bem, como o título indica, hoje consegui recuperar. Não comi coisas que me fazem mal e fui treinar uma horinha.

Vamos às refeições.

 

Pequeno-almoço

Um chá mais uma fatia de pão de alfarroba com um queijo triângulo vaca que ri light.

 

Snack da manhã

Um iogurte skyr.

 

Almoço

Duas fatias de peru assado com cenoura ralada. Um café sem açúcar.

 

Snack da tarde

6 amêndoas

Fui treinar a seguir. 60 minutos. Fiz passadeira, 30 minutos de abdominais e 5 minutos de remo.

 

Jantar

Panados de peru com salada de alface, tomate e cebola. Descafeínado sem açúcar.

 

E pronto, pofia ter variado na proteína do almoço ou jantar, mas foi o que consegui hoje.

Estou feliz.

 

 

24
Jan18

O descarrilamento da minha dieta ao dia 17

Pixabay

 

E pronto descarrilei.

Estava a correr tão bem mas hoje perdi o controlo. Só pensava como é que ia escrever sobre isto. Estava mesmo a correr bem.

Lá está, o almoçar fora é que levou a este descarrilamento.

Vamos por partes:

 

Pequeno-almoço

Uma fatia de pão de alfarroba com manteiga de amendoim. Sinto que estou a repetir mais esta refeição, mas acho que se tenho uma embalagem de manteiga de amendoim aberta, tenho de a usar. Não queria que se estragasse.

Acompanhei o pão com um chá verde.

 

Snack da manhã

Um iogurte skyr

 

Almoço

Como sabia que ia almoçar mais tarde e a fome estava a apertar comi 3 nozes.

O almoço foi naco na pedra com salada.

Não comi entradas e bebi água.

O problema foi mesmo o naco, senti que a carne estava um pouco seca e cometi o grande erro de usar os molhos que acompanhavam o naco.

Não sei que molhos eram exatamente, mas de certeza que não eram saudáveis.

Lembro-me de pensar que devia ter dito logo no pedido que não queria molhos.

Mas como não o fiz, comecei a molhar a carne nos molhos e rapidamente deixou de estar seca para me saber demasiado bem.

Basta apenas um erro para me descontrolar, eu já devia saber, parece que fico enfeitiçada por porcarias.

Continuando o almoço, não comi doces na sobremesa, pedi apenas uma rodela de abacaxi. A senhora ainda me perguntou: "quer açúcar ou canela?", e eu fiquei confusa, não sabia que se colocavam essas coisas no abacaxi.

"Natural, por favor", disse eu.

O primeiro erro estava feito. Eu resisti a entradas (patê, pão... o meu marido comeu isso tudo), resisti a batatas fritas (mais uma vez o marido comeu as minhas e as dele), resisti a sobremesas doces (ele pediu uma mousse de chocolate). Só não resisti aos molhos.

Não era muito, mas foi o suficiente para o que veio a seguir.

Estava tanto frio que não me apetecia mudar de roupa para ir treinar. 

Pensei vou amanhã, sexta e sábado. Hoje posso tirar uma folga.

Pus-me a ver um filme. Não passou muito tempo quando o marido perguntou: "camos comer um bolo? Estou com fome.".

Eu nem queria acreditar, depois de tudo o que comeu, ainda estava com fome?

Ofereci-me para fazer um bolo de iogurte. Não queria mesmo ir à rua.

Entretanto tentei enganar a minha gula com um pouco de queijo e ao meu lado o resto da família saboreava o meu bolo e elogiava.

Às tantas não resisti mais e acabei por provar o bolo, duas vezes...

Depois apetecia-me algo salgado e lá fui buscar umas batatas de pacote...

A coisa piorou mesmo quando decidimos mandar vir uma pizza, um pão de alho, pepsi e sobremesa de pizza com chocolate.

Ainda estou a assimilar tudo o que comi e só me culpo a mim por não ter sido mais forte. Eu é que devia resistir, eu é que quero resultados.

Dentes lavados, blog atualizado. Amanhã é um novo dia e vou ter de voltar à minha dieta e no fim de semana tentar ao máximo não fazer asneiras.

 

Eu não vou desistir.

23
Jan18

Dias 15 e 16 da nova dieta dos 31 dias

Ena, ena, já vou a meio dos 30 dias e que rápido passou.

Afinal não foi assim tão difícil como eu pensava. Acho que foi mais uma questão de organização.

Tenho de começar, qual o melhor dia, vou ter aniversários ou não. E claro, marcar no calendário.

Esta minha terceira semana está a começar bem e penso estar a recuperar bem dos meus extra excessivos no dia da asneira.

 

Vamos ao dia 15.

O pequeno-almoço foi o meu pão com manteiga de amendoim mais um chá verde. 

Snack da manhã

Um iogurte skyr sozinho. No livro a doutora diz que secalhar agora basta comer só o iogurte. E realmente não tenho tido fome.

Almoço

Ainda foi a quiche sem massa que eu tinha feito na quinta. Estava boa.

IMG_20180118_212254.jpg

 Snack da tarde

3 nozes

Depois fui treinar uma hora e meia.

Jantar

Fui buscar mais uma receita ao livro que me pareceu rápida e eficaz: ovos recheados com atum.

Cozi 3 ovos e depois de cozidos tirei a casca e cortei-os na vertical. Numa tigela tinha colocado cebola picada com sumo de limão.

Escorri o sumo de limão e juntei à tigela as gemas dos ovos, salsa picada, uma lata de atum e 2 triângulos a vaca que ri (a doutora falava em duas colheres de sopa de queijo philadelphia light e eu só tinha aquele).

Misturei tudo e depois recheei as claras com aquele preparado.

Gostei, acho que ficou bom, ou eu estava com fome.

Não muito convencida e já a pensar no dia seguinte, decidi usar a picadora para o preparado que ne sobrou.

Uau, ficou mesmo patê e agora já sei o que colocar no pão no dia seguinte.

 

Dia 16

O pequeno-almoço foi o meu pão com o tal patê de atum. Estava muito bom. E bebi mais um chá.

 

Snack da manhã

Um iogurte skyr sozinho.

 

Almoço

O fim da minha quiche sem massa (finalmente).

 

Snack da tarde

3 nozes

Fui treinar, desta vez foram 24 minutos na passadeira, 30 minutos de uma aula de grupo de abdominais e terminei com 5 minuto de remo.

 

Jantar

Fiz aqueles deliciosos panados, mas desta vez usei frango.

Antes de ir treinar tinha colocado os bifes de frango a marinar com sal, alho, pimenta preta e sumo de limão.

Quando voltei, bati um ovo e coloquei num prato de sopa. Noutro prato de sopa coloquei a linhaça.

Passei os bifes primeiro no ovo e depois na linhaça. A seguir tinha uma frigideira com óleo de coco e fritei os bifes. Acompanhei com cenoura ralada.

Já preparei as coisas para amanhã: guardei uma colher para o iogurte, descongelei uma fatia do meu pão e guardei uns frutos secos. Tenho um almoço combinado por isso hoje não levo de casa. Mas as regras são para cumprir, por isdo vou ser forte e escolher bem a minha refeição.

21
Jan18

Finalmente os primeiros resultados da minha dieta

Pixabay

 

 

Pois é, decidi que era melhor tirar as medidas e pesar-me no dia 13 da minha dieta porque possivelmente ia apetecer-me começar o dia livre na tarde de sábado e acabar na tarde de domingo.

E assim foi.

Eram umas nove da manhã quando me pesei, em jejum e depois de ter ido à casa de banho.

Fui comparar com o dia 1 da dieta e a diferença foi 3,7 kg.

Sim, 3,7 kg. Até usei a calculadora para ter a certeza que estava a fazer bem as contas.

Quase 4 quilos em duas semanas!

É verdade, esta dieta funciona comigo. Sempre que a fiz e segui tinha bons resultados e agora estão documentados.

As medidas também foram excelentes, a que me agradou mais foi a da barriga (fiz pelo umbigo), foram 6 cm à vida. 

Por isso as calças não estavam tão apertadas.

Bem então vamos lá ao dia 13 e 14.

No sábado, o pequeno-almoço foi uma panqueca de aveia (1 ovo, aveia e água, fiz a olho até ter a consistência que me agradava, receita da minha treinadora no ginásio!).

Fui treinar a seguir durante 1 hora e 30 minutos e a seguir o almoço foi uma dourada grelhada com salada. O marido tinha feito mais umas batatas no forno poque achava que eu queria, mas eu resisti e disse que podiam ficar para o puré do dia seguinte.

Mais ou menos às 16:30, comecei a ter fome e refugiei-me em 3 nozes.

Foi às 17:30 que comecei o dia da asneira que ia durar agora até às 17:30 de domingo.

 

O dia livre

Tinha feito um bolo tipo queque com pepitas de chocolate, provei mas não adorei. Depois claro que ataquei umas batatas de pacote e bebi um licor.

O jantar foi esparguete com lombo de porco (2 fatias). Confesso que tive de repetir porque estava muito bom. 

Depois bebi um café e mais um licor.

No domingo comecei o dia a comer o resto da panqueca de aveia (só tinha comido metade no sábado) e acrescentei uma maçã e canela.

O almoço foi carne de vaca estufada com puré de batata e cenoura, salada e acompanhei com umas fatias de pão (tipo baguette) com alho, orégãos e azeite. A sobremesa foi aletria (não gostei) e finalizei com mais um café e um licor.

Falta dizer que durante a refeição ,bebi 2 copos de vinho rosé.

Por volta das 17:00 quis fazer a minha última asneira: uma fatia de pão de alfarroba com umas rodelas de chouriço assado.

Tinha levado duas fatias de pão, mas acabei por comer só uma. Senti-me satisfeita e achei melhor parar.

Na hora do jantar não estava com fome, por isso bebi apenas um chá.

 

Uma nova semana

Amanhã é um novo dia e já preparei a marmita para o dia seguinte.

Tenho aquelas quiches sem massa que tinha feito na quinta e que estiveram sempre no frigorífico por isso espero que estejam boas.

Tenho a fatia de pão que me sobrou para o pequeno-almoço e um iogurte para o snack da manhã. No livro ao dia 15, a doutora diz que já devo conseguir comer um iogurte sozinho (sem os frutos secos). 

Vou levar na mesma os frutos secos para o caso de ter fome.

Acho que estou organizada, tive bons resultados em duas semanas e estiquei-me (como sempre) no dia livre.

Se eu conseguir ir controlando isto acho que vai correr bem e não tenho de me sentir culpada de nada.

Boa semana!

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo